Imóvel na planta – O que preciso saber para comprar?

Seja para investimento, seja para morar, os imóveis na planta ou em construção são os mais procurados pelos mais diversos públicos.
Com seu alto potencial de valorização, que até o momento de pegar a chave pode chegar a incríveis 50% dependendo de sua localidade, e com maiores facilidades de pagamento e preço bem mais acessível em comparação à compra de apartamentos prontos ou usados, por exemplo, eles são perfeitos para quem não necessita de um imóvel com urgência ou para quem não tem uma grande reserva para dar de entrada.
Conheça mais detalhes que envolvem a compra de um imóvel na planta:

Como funciona?

Comprar um imóvel na planta significa comprar um imóvel que está em período de lançamento, ou seja, um imóvel que não se encontra pronto para viver, que está ou entrará em sua fase de construção. Logo, um lançamento imobiliário é a abertura de vendas de um empreendimento que já possui o Registro de Incorporação e que ainda começará a ser construído.
Seu prazo de entrega depende da Incorporadora e do empreendimento em questão, mas, em média, varia entre 18 a 36 meses.
Confira algumas das vantagens de comprar um imóvel na planta:

Possibilidade de escolher a unidade mais adequada a suas necessidades; Encontrar melhores condições de preço e formas de pagamento;Investimento seguro e altamente rentável; Melhor oportunidade em comparação a imóveis usados.Pagamento e Facilidades

Ao financiar um imóvel na planta, os valores e formas de pagar variam de caso a caso. O comum é pagar-se em média 30% do valor diretamente à construtora, de forma parcelada, segundo o contrato durante o período de construção. O restante do valor, em geral, é financiado por uma instituição financeira após a entrega do imóvel e é ai que o FGTS pode ser utilizado.

Utilize seu FGTS

Para utilizar seu FGTS na compra de um imóvel, os beneficiados devem ter no mínimo três anos de registro em carteira de trabalho, em um período único, ou com a somatória de todos os períodos para participar e, assim, ganhar 0,5% de redução na taxa a pagar.
O limite de renda familiar também conta para a utilização desse benefício e a mesma varia de acordo com o tamanho da cidade onde se pretende adquirir o imóvel. Para cidades com população igual ou superior a 250.000 habitantes esse limite pode ser até R$ 5.400,00, para beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida o limite é de R$ 5.000,00 e para as demais cidades é até R$ 4.300,00.
Existem outras regras como o valor máximo do imóvel, que não pode ultrapassar o R$500.000,00.

Programa Minha Casa, Minha Vida – PMCMV

É um programa do governo federal que tem como objetivo proporcionar a compra da casa própria para milhões de brasileiros. O programa possui parcerias com estados, municípios e também empresas e oferece um subsídio, ou seja, um desconto, para a compra de imóveis diversos, inclusive para imóveis que estão na planta.
O programa tem sempre um teto, ou seja, um limite estabelecido e frequentemente ajustado do valor que o imóvel pode chegar a custar. Atualmente esse limite é de R$ 190,000,00. Um limite de renda também existe, hoje, o benefício do programa pode ser concedido para famílias com renda mensal entre R$ 1.600,00 a R$ 5.000,00.

O Financiamento SBPE Caixa

Ele financia até 90% de um imóvel na planta ou em construção e oferece até 30 anos para pagar. O comprometimento máximo da renda familiar bruta deve ser de 30%, e seu limite máximo é de R$ 450.000,00 por unidade com as taxa de juros pré e pós-fixadas.
Já o limite mínimo para a taxa de juros pré-fixada é de R$ 50.000,00. E da taxa de juros pós-fixada é de R$ 20.000,00.

Passos a tomar para a compra:

Uma série de cuidados e ações devem ser tomadas para a compra desse bem tão importante. A premissa é planejar-se, e manter-se informado com a incorporadora escolhida sobre qualquer dúvida que surgir, mas não apenas isso. Confira uma lista de itens que você deve conhecer e se preocupar nesse momento:

Avalie sua situação financeira

Um imóvel é um bem importante e um investimento alto, quanto mais dinheiro você tiver guardado para segurança e entrada e quanto mais bem planejado seu orçamento for, melhor e mais tranquila sua compra será. Pense em suas finanças com cuidado ao longo do tempo que estará comprometida com essa dívida.Cheque a credibilidade da incorporadora. É ela a responsável pelo empreendimento, prazos, qualidade de materiais e registros legais.

Procure referências na internet, converse com síndicos dos empreendimentos já entregues e procure entrar em contato com a própria empresa para esclarecimento de qualquer dúvida que possa surgir.

Consulte os documentos.

Procure verificar no Tcc sem drama se a obra tem registro em cartório e se segue as normas técnicas exigidas pela prefeitura. Para a obra estar registrada em cartório é necessário um conjunto de quinze documentos, entre eles deve estar inclusive, o projeto de construção aprovado pela prefeitura.

Solicite a visualização desses documentos.

Conheça o local. Fale com vizinhos, verifique a infraestrutura da região, escolas, mercados, shoppings, universidades, entre outros, próximos ao local valorizam ainda mais o seu imóvel e permitem mais conforto para se viver.

Faça vistorias.

Segundo a lei nº 4591/64, existente há mais de quarenta anos, você tem o direito de fazer vistorias e checar o andamento da obra e os materiais que estão sendo utilizados na construção de seu imóvel. A lei determina que para cada empreendimento, possa haver a criação de uma Comissão de Representantes, composta por pelo menos três membros escolhidos pelos próprios compradores para ficarem responsáveis pela fiscalização.

Prepare-se para o acabamento.

Muitas pessoas nem sequer pensam nessa parte, porém ela é extremamente importante. Para não ter surpresas, é importante reservar para o acabamento 20% do valor do imóvel. Esses custos devem ser considerados desde o momento da compra, para não haver problemas ou falta do dinheiro. Se você for contar com os móveis, esse valor pode chegar até 50%, em média.Encontre uma incorporadora

Você já sabe que deve se planejar financeiramente e manter uma reserva para a compra de seu apartamento. E sabe que, desde já, deve pensar no acabamento e na decoração do local. Porém, a decisão mais importante é encontrar uma incorporadora com credibilidade e segurança para confiar. Jamais deixe de seguir as dicas enumeradas acima, porém, para lhes ajudar indico a incorporadora Tibério que impressiona com a tradição e cumprimentos dos prazos. Afinal, escolher uma boa incorporadora, é o primeiro passo para evitar muita dor de cabeça.

Visite: http://www.oqueeisso.blog.br/tcc-sem-dramas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *